Marconcini faz balanço de prejuízos causados pelo ciclone bomba

21 Ago, 2020

O violento ciclone que atingiu o sul do Brasil, em 30 de junho, causou enormes danos e prejuízos. A região de Timbó foi bastante atingida, mas felizmente, numa proporção pequena quando comparada com outros municípios de SC. Como as informações sobre prejuízos, normalmente, são baseadas em estimativas e acabam não sendo consolidadas, o JMV consultou a Marconcini que é líder de mercado e referência em seguros no Médio Vale do Itajaí.  

Segundo a gestora Danila Butzke, as indenizações promovidas, apenas pela corretora, já totalizaram mais de um milhão de reais (vide quadro abaixo) e estima que irão superar R$ 1,2 milhões porque algumas empresas ainda estão concluindo suas apurações de prejuízos.

Em 2019 a Marconcini Seguros promoveu um total de R$ 6.180.337,52 em indenizações (contra R$ 7.385.033,92 em 2018) e, no acumulado de janeiro a julho de 2020, o montante já se encontra em R$ 4.343.265,62.

São números que impressionam e demonstram a importância do setor para a sociedade, uma vez que as indenizações não só permitem a reposição de perdas financeiras, como também preservam o patrimônio, a renda e o emprego de muitos trabalhadores.

Fonte: Jornal do Médio Vale