Você sabe como funciona o bônus em seguros?

01 Ago, 2019

Muitas pessoas têm dúvidas sobre o chamado bônus em seguros. Muito antigo e comum nos seguros de automóveis, ele também existe em outras modalidades de seguros, como os de residências, de empresas e condomínios. Trata-se de um desconto por boa experiência, ou seja, um desconto na renovação de um seguro em que não houve sinistro ou pagamento de indenização.

Dependendo do tipo do seguro, dos critérios de cada seguradora e do histórico sem indenizações, esse desconto pode chegar a até 40%. Uma boa diferença não é mesmo? E esse bônus pode ser transferido de uma seguradora para outra, ou seja, as seguradoras concedem descontos para quem tem boa experiência mesmo que essa história seja com outras seguradoras.

O bônus é pessoal é intransferível o que significa que a boa experiência de uma pessoa ou empresa não pode ser transferida para outra. Mas é claro que este critério exige bom senso e isto também se reflete nas regras. No caso de um casal que divide o uso de um mesmo carro, podemos entender que o bônus ou experiência é dos dois. Se um veículo também era compartilhado durante vários anos por um filho, o entendimento é o mesmo. Mas se o filho está com 18 anos e recém pegou a habilitação, é claro que não tem experiência e, portanto direito ao bônus.

Se a pessoa colocou o carro em nome da sua empresa e agora troca por outro que irá para o seu nome, é natural que se aceite a transferência de bônus. O objetivo é sempre ser justo e comtemplar com desconto àqueles que não recebem indenizações, mas que se protegem e contribuem para que seja possível indenizar aqueles que, lamentavelmente, colidiram seu carro, foram vítimas de um roubo, um granizo, enfim, sofreram com algum tipo de sinistro.